Tipos de aro de bicicleta: como escolher o melhor para o seu estilo de ciclismo

Tipos de aro de bicicleta

Descubra os diferentes tipos de aro disponíveis no mercado de bicicletas e escolha o que melhor se relaciona com a sua forma de andar ou as características que procura em uma bicicleta.

Aprenda mais sobre os materiais que são preparados para a fabricação dos aros de bicicleta e os cuidados essenciais que estas partes devem ter, tão importantes para o nosso veículo.

O que são os aros de bicicleta?

Os aros da bicicleta são uma parte tão essencial que, basicamente, formam as rodas da mesma, sendo parte do sistema de rodagem. Os aros de bicicleta devem ser capazes de cobrir efetivamente diversas qualidades, tais como:

  • Ser eficientes para absorver impactos;
  • Ter capacidade para dissipar o calor produzido pelas frenagens;
  • Fazer com que o percurso do ciclista seja suave e sem vibrações;
  • Ser resistentes à oxidação;
  • Resistir à pressões internas;
  • Suportar o peso do ciclista;
  • Garantir a estabilidade da estrutura da bicicleta.

Aprendendo a escolher o aro adequado

É muito comum que a maioria das pessoas queira, ao comprar uma bicicleta, adquirir uma que possua materiais de aro ou tamanhos específicos, embora nem sempre esta seja a maneira correta de abordar a situação.

Aprendendo a escolher o aro adequado

Na hora de escolher aro de bicicleta ideais para você, devem prevalecer outras concepções: Para que a utilizará? Em que tipo de terrenos você se moverá? Você a usará para relaxar em um passeio, para se deslocar pela cidade de uma forma sustentável ou para praticar algum esporte, que exija muito mais esforço? Você está procurando uma bicicleta tradicional ou uma elétrica com uma bateria integrada?

Partindo dessas perguntas, você terá um guia de por onde começar a busca pelos melhores aros, satisfazendo suas necessidades e proporcionando verdadeiro conforto em relação à sua compra.

Materiais em que os aros são confeccionados

Existe uma grande variedade de produtos usados como matéria-prima na hora do desenvolvimento dos aros para bicicletas. Alguns que foram "reis" da fabricação começaram a ceder o trono para novos elementos com outras camadas de produção, ao mesmo tempo que estão sendo experimentados novos materiais para o desenvolvimento das rodas futuras.

Aço

Por muitos anos, foi o material mais utilizado na confecção de aros de bicicletas, e embora ainda possamos ver alguns modelos com aros deste produto, cada vez são menos, substituídos por outros. Elemento típico de bicicletas e motos de baixa gama, tem dois benefícios principais: é muito barato e muito durável.

Entretanto, por ser pesado, seu uso é recomendado apenas em ambientes urbanos ou trilhas leves, com curtas distâncias e que não exijam um grande esforço físico de sua parte. Contra: é muito propenso a enferrujar com o tempo.

Alumínio

O alumínio é a matéria-prima que tirou o aço do primeiro lugar na construção de aros de bicicletas. E isso se deve ao fato de que parece uma versão com todas as vantagens do anterior e que superou várias desvantagens do mesmo.

Por exemplo, estamos falando de rodas que são muito resistentes, mas ao contrário do aço, são bastante leves. É difícil que enferrujem e sua vida útil é muito longa.

Em relação à velocidade alcançada, os aros de alumínio são leves e aerodinâmicos, ideais para o ciclismo, favorecendo atingir níveis de potência que o aço não pode alcançar. É perfeito para combinar com freios firmes. Tem uma resposta ótima em terrenos acidentados, é muito flexível e tem um bom equilíbrio na relação entre preço e qualidade.

Fibra de carbono

Os aros de fibra de carbono são um elemento típico presente nas bicicletas de velocidade, aquelas que são destinadas para práticas de esportes de alta exigência. São um dos tipos de aros de bicicleta mais leves que se podem encontrar no mercado, e sua forma pode ser mais aerodinâmica, plana, arredondada ou fechada.

Contra: precaução ao usar bicicletas com este sistema em lugares enlameados ou chuvosos, pois seu sistema de freio pode ser muito afetado por estas condições.

Outros modelos de aros de bicicleta disponíveis

Outros modelos de aros de bicicleta disponíveis

Embora os 3 tipos de aro de bicicleta mencionados anteriormente sejam os modelos mais comuns de aro de bicicleta no mundo, existem outros. Geralmente produzidos de forma personalizada e não disponíveis para o público, embora talvez, no futuro, sejam os novos elementos que competirão contra os estabelecidos:

  • Liga leve de alumínio e silício: Já muito popular no mundo automotivo, começaram a ser produzidos os primeiros modelos no mercado de bicicletas. Como o nome indica, a principal característica desta liga é a leveza com a qual você se moverá ao usá-la. Pode atingir uma velocidade interessante e oferece grande conforto ao usuário.
  • Magnésio: Muitos especialistas no assunto apontam o magnésio como o material do futuro na confecção deste tipo de produtos. A fibra de carbono é conhecida por sua leveza e o aço por sua resistência: o magnésio é mais leve que o primeiro e tão resistente quanto o segundo.
  • Por enquanto é produzido para atletas de elite, talvez no futuro se torne mais comercial.
  • Raio personalizado: Desenhado para aquelas pessoas que precisam de uma estabilidade superior e mais firmeza no pedal. Ao usá-lo, o ciclista poderá resistir ainda mais ao impacto de se mover por um terreno acidentado, ao mesmo tempo que suporta de maneira excelente o corpo de quem a usa.

Manutenção

Algo primordial na hora de estabelecer a vida útil que terá nossa nova bicicleta e os aros que a compõem é realizar tarefas de manutenção de forma regular sobre a mesma.

Um ponto fundamental dos cuidados com aros de bicicleta é evitar a exposição ao sol. A luz solar pode, desde secar os pneus até danificar seriamente outras partes da bicicleta, afetando o controle dos impactos. Também pode deformar os aros e nos obrigar a levá-la a um serviço de alinhamento.

Além disso, para evitar a oxidação, especialmente se gostamos de fazer passeios ao ar livre com nossa bicicleta, outra parte essencial passa pela limpeza das rodas. Acumular sujeira nunca é bom, no entanto, a limpeza e a secagem devem ser imediatas: deixá-la molhada, especialmente se falamos de materiais como o aço, pode acelerar os processos de oxidação, danificando gravemente sua estrutura.

Perguntas frequentes

Quais tipos de aros de bicicleta existem?

Os tipos de aros de bicicleta mais distribuídos no mundo são três, aço, alumínio e fibra de carbono. Embora também estejam sendo feitos avanços e desenvolvimentos para popularizar outras alternativas, como o magnésio, a liga de alumínio e silício e o raio personalizado.

Quais tamanhos de aros de bicicletas estão disponíveis?

Em bicicletas para adultos, poderíamos dizer que os tamanhos de aros de bicicleta mais comuns são 26, 27.5 e 29 polegadas. No entanto, os tamanhos dos aros, muitas vezes, variam em relação ao modelo de bicicleta e ao uso que essa bicicleta pode ter.

Qual é o aro de bicicleta mais comum?

Até algum tempo atrás, o material mais utilizado na fabricação de aros de bicicletas era o aço, mas este foi substituído pelo alumínio, igualmente resistente, mas muito mais leve.

Qual é a diferença entre os aros de bicicleta?

Os aros de bicicleta podem variar por muitos motivos: materiais de confecção, tamanho, peso e resistência. Além disso, existem modelos de aros de bicicleta voltados para um público e uma atividade específicos, como pode ser a proliferação de modelos de fibra de carbono graças à sua popularização por atletas de alta competição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Go up